Fale Conosco

Perguntas Frequentes

Esclareça suas principais dúvidas sobre os serviços, operações e outras informações sobre a CCR ViaLagos.

Se sua dúvida não for esclarecida, você pode entrar em contato com a concessionária por meio do nosso Fale Conosco

Clique sobre a pergunta para visualizar a resposta desejada.

Quais são os canais de contato da CCR ViaLagos?

Para a comunicação com o usuário, a Concessionária dispõe de serviços como:
 

Disque CCR ViaLagos (0800 702 0124), que funciona 24 horas e oferece atendimento personalizado aos usuários;


Ouvidoria - Atendimento às reclamações, sugestões e solicitações
 - e-mail vialagos@grupoccr.com.br;
 - Fale Conosco, disponível no site (http://www.rodoviadoslagos.com.br/faleconosco).
 - Telefone (21) 3634 - 9800
 - Carta ou pessoalmente em nosso endereço: Rodovia RJ-124, km 21,5, Latino Melo - Rio Bonito/RJ - 28.800-000

 

Horário de atendimento da Ouvidoria

Dias úteis, de segunda a quinta-feira, das 08h às 18h e sexta-feira, das 8h às 17h.

Como posso saber das condições de tráfego?

As informações sobre as condições de tráfego podem ser obtidas on-line e em tempo real no site da Concessionária, em sua página inicial. Caso deseje mais detalhes, entre em contato com o Serviço Disque CCR ViaLagos no 0800 702 0124.

Valores das tarifas de pedágio, nos fins de semana e feriados nacionais

Os valores das tarifas de pedágio foram estabelecidos em função dos altos investimentos iniciais exigidos pelo projeto da concessão, com a implantação de um novo trecho de 27 quilômetros e a recuperação e duplicação do então existente de 30 kms, os quais englobaram a construção de 75% da rodovia com recursos próprios, para adequar a antiga RJ-124 às grandes demandas de tráfego da Região dos Lagos, especificamente nos finais de semana e feriados.

 

Considerando que o público que utiliza a rodovia nesses períodos é formado principalmente por turistas e veranistas, e o fazem com menor frequência, o Poder Concedente optou pela adoção no edital de duas tarifas de pedágio, sendo a de menor valor para o público que utiliza a rodovia no meio da semana.

 

As tarifas de pedágio da ViaLagos também visam remunerar a execução de um amplo programa de modernização da RJ-124 e a aquisição de veículos leves e pesados, ambulâncias UTI e de resgate, equipamentos e sistemas operacionais e de monitoramento da via, que conta um Centro de Controle de Tráfego, sistema de call center (0800 24h) e três bases de atendimento aos usuários. O valor arrecadado é investido na manutenção e conservação da rodovia e nos serviços de atendimento médico e mecânico aos usuários 24 horas por dia, bem como no treinamento de nossas equipes.

 

Desde o início da concessão, a Concessionária investiu R$ 479 milhões em melhorias que geraram mais segurança e conforto para os usuários e fizeram da ViaLagos a via mais segura do Estado pelo terceiro ano consecutivo, conforme avaliação da Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte 2017 (CNT). A RJ-124 foi novamente a única, dentre todas as rodovias que cortam o Estado do Rio de Janeiro, com o status “ótimo” em todos os quesitos avaliados: Estado Geral, Pavimento, Sinalização e Geometria.

 

Um marco na segurança da ViaLagos é a implantação do dispositivo metálico de separação de pistas. Em 2017, houve redução de 85% no índice de vítimas fatais e de 18% no de acidentes, em comparação ao período anterior à instalação da divisória de pistas.

 

Esclarecemos, ainda, que a licitação da concessão da RJ-124 se deu por meio do pagamento da maior outorga ao Governo do Estado, e da cobrança de tarifas pré-definidas em períodos estabelecidos no Edital de Licitação Nº 01/1996 e no contrato de concessão nº 43/96 – firmado em 23/12/1996, entre a Concessionária CCR ViaLagos e o Estado do Rio de Janeiro, por intermédio do DER.

 

A concessionária cumpre as determinações de contrato, de modo a garantir a prestação de serviços públicos de qualidade, reconhecida por 84% dos usuários - que consideram ótimo ou bom o trabalho da CCR ViaLagos (Pesquisa de Imagem e Satisfação 2017 – Data Folha), e continua contribuindo para estimular ainda mais o desenvolvimento socioeconômico e ambiental da Costa do Sol.